PAA presta contas e anuncia mais recursos para 2012

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), do governo federal, e em Varginha desenvolvido pela prefeitura, através da Secretaria Municipal de Habitação e Desenvolvimento Social (SEHAD), realizou um evento nesta quinta-feira (22) para prestar contas das atividades desenvolvidas pela iniciativa no ano de 2011. A prestação reuniu cerca de 100 produtores no Theatro Municipal Capitólio.

O prefeito de Varginha, Eduardo Carvalho “Corujinha”, durante o evento disse que o programa que envolve 176 famílias em Varginha será ampliado e, para 2012, a expectativa é que cerca de 250 produtores façam parte do PAA. “É com muito entusiasmo que anunciamos a ampliação do programa que deu tão certo em Varginha e que hoje beneficia centenas de pessoas e também as entidades que recebem os alimentos”, afirmou.

Trinta entidades recebem os alimentos produzidos pelas 176 famílias que integram o PAA. A verba para o investimento no programa vem do governo federal e da Prefeitura de Varginha. No ano de 2011 os valores da produção foram de R$ 565,6 mil para a compra de 289,4 mil quilos de alimentos da agricultura familiar. Para 2012 o aditivo pode chegar a R$ 733,7 mil que se somará aos R$ 564,7 mil já existentes, chegando a R$ 1,2 milhão para ações do PAA no próximo ano.

As planilhas com todos os valores foram apresentadas aos agricultores familiares pelo coordenador do PAA em Varginha, Paulo Rodrigues. Antes disso, houve a assinatura simbólica dos contratos para o ano de 2012.

A produtora Maria Elza Oliveira prestou um depoimento durante o evento para falar sobre os benefícios do Programa de Aquisição de Alimentos. “É realmente uma coisa que mudou a vida de todos nós. Nossa produção agora tem garantia de compra e com a renda toda a nossa família é beneficiada”, comentou.

PAA – O Programa de Aquisição de Alimentos é uma das ações do Fome Zero e promove o acesso a alimentos às populações em situação de insegurança alimentar e promove a inclusão social e econômica no campo por meio do fortalecimento da agricultura familiar.
O PAA também contribui para a formação de estoques estratégicos e para o abastecimento de mercado institucional de alimentos, que compreende as compras governamentais de gêneros alimentícios para fins diversos, e ainda permite aos agricultores familiares que estoquem seus produtos para serem comercializados a preços mais justos.


O Programa propicia a aquisição de alimentos de agricultores familiares, com isenção de licitação, a preços compatíveis aos praticados nos mercados regionais. Os produtos são destinados a ações de alimentação empreendidas por entidades da rede socioassistencial; Equipamentos Públicos de Alimentação e Nutrição como restaurantes populares, cozinhas comunitárias, banco de alimentos e para famílias em situação de vulnerabilidade social. Além disso, esses alimentos também contribuem para a formação de cestas de alimentos distribuídas a grupos populacionais específicos.

Para participar do Programa, o agricultor deve ser identificado como agricultor familiar, enquadrando-se no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). A identificação é feita por meio da Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP).

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Economia, Política, Varginha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s