Vereador requer informações sobre funcionamento da Unidade de Pronto Atendimento que será inaugurada no Padre Vitor

É de autoria do vereador Adilson Marciano Rosa, requerimento solicitando do Prefeito Municipal e do Secretário de Saúde, informações sobre a Unidade de Pronto Atendimento que está sendo construída no bairro Padre Vitor. Dr. Adilson quer saber se após a conclusão da obra, o Pronto atendimento do Hospital Bom Pastor será desativado.

Quer saber ainda quais serviços e procedimentos serão realizados, e quais serão retirados do Pronto Atendimento do Hospital Bom Pastor; quais serviços e procedimentos serão realizados na UPA do bairro Padre Vitor, após início das atividades; qual destino se dará aos serviços de ortopedia e de pediatria do Hospital Bom Pastor; com a instalação dos três novos PSF´s no município, se os atendimentos no Pronto Atendimento do Hospital Bom Pastor serão desativados, e qual o destino do SOS que funciona ao lado do Hospital Bom Pastor.
Dr. Adilson explica que as UPA´s são estruturas de complexidade intermediárias entre as Unidades Básicas de Saúde e as portas de urgência hospitalares, onde em conjunto com estas compõe uma rede organizada de atenção às urgências. São integrantes do componente pré-hospitalar fixo e devem ser implantadas em locais/unidades estratégicas para a configuração das redes de atenção à urgência, com acolhimento e classificação de risco em todas as unidades, em conformidade com a Política Nacional de Atenção às Urgências.
Em outra linha o PSF – Programa Saúde da Família é um modelo de atendimento assistencial, reorientando o sistema de saúde a partir da atenção básica, criando e mantendo equipes de saúde com vários profissionais que tem como base de trabalho as unidades de saúde, estas equipes atendem as famílias de uma área delimitada, as mesmas são cadastradas e acompanhadas por profissionais desta unidade, incluindo o atendimento no próprio domicílio, assim aproximam-se da comunidade.
“Nessa perspectiva, a população está preocupada, uma vez que, circula na mídia a notícia que após a instalação da UPA no bairro Padre Vitor, ocorrerá a desativação do Pronto Atendimento do Hospital Bom Pastor, ou pelo menos parte dos atendimentos ali realizados, fato este que nos deixou muito apreensivos, uma vez que a UPA e o PSF são apenas auxiliares dos Pronto Atendimentos de Urgência/Emergência, principalmente nos casos de muita gravidade. Vale ressaltar ainda, que no caso de ocorrer a desativação do Pronto Atendimento do Hospital Bom Pastor, e a transferência dos serviços médicos ali realizados, para a nova UPA no alto do bairro Padre Vitor, parte dos munícipes encontrarão dificuldades de locomoção, principalmente no período noturno, nas madrugadas, uma vez que a mesma encontrar-se-á num dos extremos da cidade, e distante da área central do Município, onde se concentra os meios de transportes como ônibus e táxis, tal fato irá dificultar e onerar os munícipes que necessitarem de atendimentos eletivos e de urgência/emergência, agravando-se em ocorrências com crianças e poli traumatizados”, justificou o vereador.
Dr. Adilson lembra ter sido este assunto, pauta do requerimento de autoria do colega Vereador Vérdi Lúcio Melo, cuja resposta da Administração foi um tanto vaga e subjetiva, não trazendo nada de concreto, que pudesse elucidar a situação em questão. “Considerando que as informações acima solicitadas são de suma importância tanto para a população quanto para nós vereadores, é que apresentamos este Requerimento”, esclareceu. (Ascom/CMV)

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Câmara de Varginha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s